Quarentena: 10 Filmes sobre futebol feminino para você assistir

Em meio à pandemia de Coronavírus, as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) foram bem claras a respeito de evitar sair de casa. Dessa forma, nós da equipe Maria Boleira selecionamos 10 filmes que trazem a temática Futebol Feminino para você assistir na quarentena.

#1 – Driblando o Destino

Ano: 2003

Direção: Gurinder Chadha

Elenco: Parminder Nagra, Keira Knightley, Jonathan Rhys-Meyers

A primeira indicação é o filme Driblando o Destino, que conta a história de uma jovem indiana apaixonada por futebol, muito habilidosa e que cultiva uma incondicional admiração pelo jogador inglês David Beckham. Indo contrária a opinião de sua família, que segue todas as tradições indianas, ela vê no esporte a possibilidade de um futuro feliz.

#2 – Ela é o Cara

Ano: 2006 

Direção: Andy Fickman

Elenco: Amanda Bynes, Channing Tatum, Laura Ramsey

Este filme conta a história de uma adolescente viciada em futebol que, depois de saber que o time de futebol feminino da escola foi cortado, resolver adotar a identidade do irmão para fazer parte do time masculino. Dessa forma, ela vai mantendo a vida dupla para os amigos e familiares, porém ela não contava se apaixonar pelo seu colega de dormitório.

 

#3 – Garota Boa de Bola

Ano: 2007 

Direção:  Norm Hunter

Elenco: Antonio Ruiz Jr., Denise Dowse e Drew Letchworth.

 No filme Garota Boa de Bola, Sara é uma menina cheia de talento para o futebol. Para ajudar, seu pai é o técnico do time e a pessoa que mais a incentiva, mas Sara está cansada dos treinamentos e incentivada por sua melhor amiga, ela resolve investir em uma vida fora dos campos. Até que ela recebe a notícia de que está na mira da seleção de futebol feminino dos Estados Unidos e se conseguir conquistar a vaga, será a mais jovem atleta de todos os tempos a ser escalada. Então ela precisa descobrir o que quer para sua vida.

 

#4 – Gracie

Ano: 2007 

Direção: Davis Guggenheim

Elenco: Carly Schroeder, Dermot Mulroney, Jesse Lee Soffer

Gracie Bowen tem 15 anos e é a única menina em uma família com três irmãos que vive em New Jersey. A vida de sua família gira em torno de futebol, já que seus pais e seus irmãos o praticam todos os dias, de manhã até a noite. Até que uma tragédia assola a família e ela inicia uma luta pelo direito de todas as garotas jogarem em times de futebol competitivos.

 

#5 – Como Meninos

Ano: 2019

Direção: Julien Hallard

Elenco: Max Boublil, Vanessa Guide, Solène Rigot

Nossa quinta indicação passa na cidade de Reims, em 1969, quando uma partida de futebol que tem apenas o objetivo de chamar atenção dos editores do periódico local, ganha grande visibilidade. Após chamar atenção da imprensa e despertar muitos sentimentos por parte da população, o primeiro time oficial de futebol feminino da França, a sede da Copa 2019.

 

#6 – Eu, jogadora – um Autorretrato do Futebol Feminino

Ano:  2017 (mundial)

Direção: Edson de Lima, Luiz Nascimento, Cristiano Fukuyama

Elenco: Emily Lima, Roseli de Belo, Nildinha, Brenda Isadora, Camila Mehler

Neste documentário, o futebol feminino é contado por quem o melhor entende: aquelas que o fazem. O curta-metragem traz cinco importantes figuras do esporte: Emily Lima, a primeira mulher a ser técnica da seleção brasileira; Nilda Ismael e Roseli de Belo, atletas olímpicas que ajudaram no reconhecimento do futebol feminino; Brenda Isadora e Camila Mehler, as revelações da modalidade.

 

#7 – Mulheres do progresso: muito além da várzea

Ano:  2018 (mundial)

Produtora: : DoLadoDeCá

Mais um documentário presente em nossa lista. No curta-metragem Mulheres do progresso: muito além da várzea, conhecemos Márcia Piemonte, Sandra Aparecida Pereira, Sindy Rodsrigues e Tianinha Santos. Elas são moradoras de diferentes regiões periféricas de São Paulo e possuem uma relação muito especial com o futebol de várzea. A obra mostra a realidade das meninas, alinhando com suas paixões pelo futebol.

 

#8 – Futebol para Melhor ou Para Pior

Ano: 2017

Direção: Inger Molin

FC Rosengard é um dos principais times da Europa e já foi a “casa” da jogadora brasileira Marta entre os anos de 2014 e 2017. Porém, até os maiores times passam por dificuldades quando se trata do futebol feminino. O foco deste documentário é mostrar a fundo a dura realidade vivida por este clube durante a temporada, tentando sobreviver e enfrentando o obstáculo da desigualdade. Disparidade salarial, estrutura precária, falta de recursos e investimento quase nulo nas categorias de base são alguns dos problemas enfrentados pelas meninas.

 

#9 – Minas do Futebol

Ano: 2018

Direção: Yugo Hattori

Em 2016 não existia um campeonato feminino sub-13, então, o A.D. Centro Olímpico conquistou o direito de participar de uma competição masculina, a Copa Moleque Travesso. A obra Minas do Futebol traz toda a trajetória do time na competição e quais foram as consequências obtidas.

 

#10 – Onda Nova

Ano:  1984

Direção: José Antonio Garcia

Elenco: Carla Camurati, Tânia Alves, Walter Casagrande

Em abril de 1941 o futebol feminino foi proibido no Brasil com base no decreto-lei que dizia que a atividade era “incompatível com as condições de sua natureza”. O fim da proibição veio em 1979 e a regulamentação veio em 1983, no mesmo ano em que o filme Onda Nova era produzido. O filme trata do Gaivotas Futebol Clube, um time criado como um gesto de rebeldia por um grupo de garotas que queriam manifestar contra os costumes da época.

Compartilhe:

Compartilhar em facebook
Facebook
Compartilhar em twitter
Twitter
Compartilhar em whatsapp
WhatsApp
Deixe uma resposta

Veja também

Posts Relacionados

Cheias de bandeiras

A história do futebol tem uma grande reviravolta desde a sua entrada nas casas brasileiras pelos rádios. A sensação de…