Oito momentos marcantes do futebol feminino para rever na quarentena

A essa altura do campeonato as notícias a respeito do novo coronavírus já devem estar pipocando a todo o momento nas suas redes sociais. Afinal, o COVID-19 foi classificado como uma pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e já foram registrados cerca de 268,3 mil casos e 16,113 mil mortes da doença em todo o mundo, segundo deste sábado (21) da Universidade John Hopkins nos EUA.

No Brasil, o Ministério da Saúde confirmou na segunda-feira (23) a existência de 1.931 casos e de 34 falecimentos em virtude do novo coronavírus. A urgência da situação trouxe a necessidade de ficarmos de quarentena dentro de casa para impedir uma propagação ainda maior da doença.

O futebol também não ficou alheio a tudo isso: campeonatos masculinos e femininos foram suspensos no país para ajudar na luta contra a disseminação do vírus. A medida é sábia, necessária e compreensível, mas quem acompanha o futebol feminino não deixa de sentir falta do esporte, não é mesmo? 

Por isso, que tal unir o útil ao agradável: matar a saudade do esporte ao rever momentos marcantes da modalidade e, de quebra, aliviar o tédio que o isolamento em casa pode causar? Nós temos algumas sugestões:

 

1 – O discurso épico da Marta

A rainha tem muitos momentos marcantes no futebol feminino, mas vamos começar com o seu discurso espontâneo após o fim da participação brasileira na Copa do Mundo de 2019. Marta chamou a responsabilidade para as jovens jogadoras que estão chegando e lembrou que ela e outras atletas veteranas não estarão ali para sempre.

A frase marcante: “a gente tem que chorar no começo para sorrir no fim” coube muito ao momento, mas também serve de inspiração para o período turbulento que vivemos hoje devido ao COVID-19. Todos precisamos sofrer um pouquinho, nos privar de algumas coisas, para que a luta contra a doença seja vencida.

2 – Final da Copa de 2019

Ainda em 2019, não poderíamos deixar de lado a final da Copa do Mundo Feminina, em que os Estados Unidos derrotaram a Holanda, com gols de Megan Rapinoe e Rose Lavelle. Dominantes no cenário mundial da modalidade, as americanas chegaram ao tetracampeonato mundial.

A conquista das mulheres dos Estados Unidos foi marcada pela campanha do “Equal Pay”, uma reivindicação em prol da igualdade salarial. 

3 – Futebol feminino nos Jogos Olímpicos

https://www.youtube.com/watch?v=WYeCJMcB4CY&feature=youtu.be

O futebol feminino teve a sua estreia nos Jogos Olímpicos no ano de 1996. Na ocasião, a seleção brasileira feminina de Sissi e companhia terminou na quarta colocação. Desde então, o torneio olímpico trouxe ótimos momentos aos fãs da modalidade, como os do vídeo acima, que traz as finais de Olímpiadas entre os anos de 2004 a 2016.

4 – Copa do Mundo Feminina de 1999

Com Sissi como uma das artilheiras do campeonato, o Brasil conquistou o terceiro lugar do mundial ao derrotar a Noruega nos pênaltis. Um resultado impressionante, visto as limitações do futebol feminino brasileiro na época. 

O vídeo acima mostra a vitória por quatro a três da seleção feminina sobre a Nigéria, que trouxe para o Brasil a classificação para as semifinais da Copa. Mas não pense que foi tranquilo: depois de abrir três a zero, o time brasileiro levou o empate e só venceu após Sissi marcar um belo gol.

5 – Medalha de ouro no Pan do Rio

https://www.youtube.com/watch?v=zVYvcH_qgIs&feature=youtu.be

Esta é para quem está com saudades de ver gols: na final dos Jogos Pan-Americanos de 2007, realizado no estádio do Maracanã, o Brasil fez cinco a zero nos Estados Unidos e levou a medalha de ouro.

Os Estados Unidos não levaram o seu time principal para o campeonato. No entanto, isso não tira o brilho da memorável conquista das mulheres do futebol brasileiro.

6 – Final da Copa do Mundo Feminina de 2007

O Brasil chegou muito perto do título da Copa do Mundo de 2007, entretanto esbarrou nas alemãs que venceram a partida por dois a zero — com direito a pênalti perdido por Marta — e levaram o troféu para casa.

Esta lembrança não deve ser motivo de lamentação, mas sim de orgulho das mulheres do futebol, que em uma época que tinham menos apoio e visibilidade do que hoje (que ainda precisa melhorar), conseguiram chegar a um vice-campeonato mundial. 

7 – Brasil 4 x 1 Alemanha nas Olímpiadas de 2008

Na final dos Jogos Olímpicos de 2008, o Brasil perdeu a medalha de ouro para os Estados Unidos. Mas antes de chegar à final, a equipe brasileira teve um resultado incrível na semifinal contra a Alemanha, com direito a dois gols de Cristiane. 

Depois de sair perdendo, virou o jogo e sacramentou uma goleada por quatro a um contra as adversárias da Copa no ano anterior. 

8 – Quebra de recorde corintiano

https://www.youtube.com/watch?v=7cdQi8h4poo&feature=youtu.be

O último momento marcante da nossa listinha aconteceu bem aqui no Brasil. Até o clássico contra o São Paulo pelo Campeonato Brasileiro Feminino A1, o Corinthians carregava uma invencibilidade histórica de 48 jogos. 

Entretanto, o time de Tamires e companhia viu a incrível sequência de vitórias ir embora ao enfrentar o Tricolor Paulista, que derrotou o rival por dois a zero, com gols de Gláucia e Duda. De qualquer forma, a equipe alvinegra marcou a história do futebol brasileiro e mundial ao manter uma sequência positiva por tanto tempo. 


*Esta reportagem foi por Nahida Almeida e revisada por Gabriela Andrade. As reproduções deste conteúdo devem indicar que a produção é da Agência Maria Boleira e mencionar os nomes da autora e revisora. 

Compartilhe:

Compartilhar em facebook
Facebook
Compartilhar em twitter
Twitter
Compartilhar em whatsapp
WhatsApp
No comments
Deixe uma resposta

Veja também

Posts Relacionados

Cheias de bandeiras

A história do futebol tem uma grande reviravolta desde a sua entrada nas casas brasileiras pelos rádios. A sensação de…